Projeto InterRecicla

Neste ano os Jogos Interunesp chegaram a sua 11ª edição. Este tradicional evento universitário sempre foi marcado pela integração unespiana e o estímulo ao esporte dentro da universidade. O destaque desta edição, entretanto, foi a iniciativa de ação ambiental através do projeto Inter Recicla. O trabalho foi realizado pelos organizadores em parceria com a EJEAmb (Empresa Júnior de Engenharia Ambiental).

Essa parceria demonstra a tendência das competições e eventos universitários na realização de ações ambientais como a iniciativa do SWU (starts with you). A diretora Patricia Tracinkas, da Upper eventos, completa: “Recentemente tem aumentado a preocupação com a sustentabilidade e a procura por eventos que estejam em consonância com as políticas de sustentabilidade e responsabilidade social das empresas”.

No Interunesp o projeto Inter Recicla reuniu 35 pontos de coleta seletiva que foram posicionados nas praças esportivas, alojamentos e tenda. Materiais recicláveis como: latinhas, garrafas, copos descartáveis, plásticos, entre outros foram descartados em coletores fabricados pela EJEAmb. Esses coletores eram facilmente visíveis, pois foram confeccionados com material reciclável e estavam posicionados e identificados em pontos estratégicos.
A gestão dos resíduos ficou por conta da empresa júnior, que retirava o material dos coletores e destinava para uma cooperativa de Marília, gerando renda e contribuindo para a melhoria do meio ambiente da cidade. Desta forma o projeto compreendeu não apenas a parte ambiental, como também a parte social, gerando através do projeto um grande aumento na captação de material reciclável que pode ser revertido em benefícios e melhorias para a cooperativa.

É interessante ressaltarmos o pioneirismo dos jogos nesta questão ambiental. Sabemos também que o evento como um todo não é sustentável e têm muito a crescer neste sentido. Mas temos que valorizar também boas práticas e iniciativas que deram certo, como o projeto Inter Recicla. Esperamos também que estas ações não virem um modismo, e sim que os participantes e as pessoas que tiveram contato com projetos semelhantes entendam sua função social e ambiental.

A principal ação de um projeto como este é demonstrar aos participantes que eles podem contribuir com o meio ambiente nos eventos que participam e em outras ações, como a atitude simples no descarte do óleo de cozinha e a redução do consumo de água.


video


O principal desafio de projetos como este está na mobilização do público que participa destas ações. Fazendo com que aquela iniciativa não se perca e vire mais uma atitude pontual sem produtividade. Estes eventos devem sim fornecer as estruturas para que os participantes possam contribuir com esta causa, como por exemplo, os coletores do Inter Recicla, mas os organizadores devem preocupar-se também na mensagem que estão deixando para aquele público e o quanto o projeto impactou e modificou a mentalidade dos participantes.


Ítalo Carvalho
Diretoria de Projetos

0 comentários:

:a: :b: :c: :d: :e: :f: :g: :h: :i: :j: :k: :l: :m: :n:

Postar um comentário